O que você precisa saber antes de investir no mercado financeiro?

Navegue pelo Conteúdo

Investir no mercado financeiro é o desejo de muitos que desejam rentabilizar seu capital. Afinal, essa é uma forma de construir patrimônio e alcançar diversos objetivos — sejam eles de curto, médio ou longo prazo.

No entanto, todo investimento oferece um determinado nível de risco. Por isso, antes de fazer seus aportes, é essencial conhecer as características do mercado financeiro e entender quais são as possibilidades existentes.

Neste artigo, você descobrirá o que é necessário saber antes de começar a investir seu dinheiro no mercado financeiro.

Continue a leitura e entenda!

O que é o mercado financeiro?

O primeiro conceito que você precisa compreender envolve o próprio mercado financeiro. Na área de economia, esse é o ambiente em que ocorrem as negociações de ativos, derivativos, aplicações, produtos e veículos financeiros.

Entre eles, estão títulos, moedas, ações, commodities e cotas de fundos de investimento. Além disso, nessas negociações, estão envolvidos investidores, tomadores de recursos e órgãos que regularizam e fiscalizam as transações.

Ademais, esse mercado é composto por diferentes instituições financeiras, como bancos, corretoras de valores, entre outras.

Quais oportunidades ele oferece?

Agora que você sabe o que é o mercado financeiro, vale a pena saber que ele oferece oportunidades tanto para empresas quanto para investidores. Por exemplo, ele facilita a captação de recursos para instituições públicas e privadas.

Dessa forma, os empreendimentos podem utilizar o capital levantado no desenvolvimento de suas operações, aumentando as chances de crescimento. 

Por outro lado, também existem oportunidades para quem deseja investir ou especular. O investimento prevê a alocação do seu capital com foco no longo prazo. Ou seja, o investidor opta por construir patrimônio gradualmente, com aportes regulares e interesse em se beneficiar do montante acumulado no futuro.

Já a especulação se baseia em realizar operações buscando lucros de curto e curtíssimo prazo. Quem opera dessa forma é chamado de especulador ou trader. Em geral, quem atua dessa maneira busca obter ganhos com a oscilação nos preços de ativos e derivativos.

O que é preciso saber antes de investir no mercado financeiro?

Até aqui, foi possível entender que o mercado financeiro oferece diversas oportunidades para fazer o seu dinheiro trabalhar por você. Contudo, antes de tomar suas primeiras decisões, é preciso desenvolver conhecimentos sobre o tema.

Confira alguns dos principais conceitos referentes ao universo dos investimentos!

Classes de investimento

O mercado financeiro possui duas classes de investimento principais: renda fixa e renda variável. A primeira se caracteriza por sua previsibilidade de ganhos. Nela, os títulos funcionam como um tipo de empréstimo.

Assim, o investidor disponibiliza seu capital para o emissor, em troca de receber o montante inicialmente aplicado com juros no futuro. Embora os títulos de renda fixa possuam data de vencimento, há casos em que é possível resgatá-los antes desse prazo.

Ademais, as aplicações se diferenciam conforme o emissor. Os títulos públicos são emitidos pelo Governo, enquanto a emissão dos títulos privados é feita pelas instituições financeiras. Também existem as aplicações de crédito privado, disponibilizadas por companhias não-financeiras, como securitizadoras, e empresas.

Já a renda variável conta com investimentos com mais riscos e menor previsibilidade de ganhos. Por outro lado, eles costumam oferecer maior potencial de lucros. Alguns exemplos que integram essa classe são as ações e os fundos de investimento imobiliário (FIIs).

Perfil de investidor

Antes de investir, você também precisa conhecer o seu perfil de investidor. Afinal, há diferentes graus de segurança nos investimentos. Assim, as classificações do perfil variam segundo o seu nível de tolerância ao risco.

As possibilidades são:

  • conservador: está menos disposto a correr riscos e é menos tolerante à volatilidade, priorizando segurança e liquidez;
  • moderado: tem uma tolerância ao risco um pouco maior e está disposto a se arriscar mais em troca da oportunidade de ter ganhos maiores, especialmente no longo prazo;
  • arrojado: tem maior apetite ao risco e aceita se arriscar mais de modo estratégico, em busca de maior rentabilidade.

Objetivos financeiros

Estabelecer seus objetivos financeiros também é essencial. Nesse sentido, é preciso definir quais são suas expectativas de curto, médio e longo prazo. A partir disso, é possível escolher os investimentos mais alinhados a cada período.

Ainda, traçar objetivos favorece o planejamento financeiro. Dessa forma, você terá mais clareza sobre o montante que deve ser poupado e investido para alcançar suas metas.

Estratégia de investimento

Você também precisará desenvolver uma estratégia antes de começar a investir no mercado financeiro. Ela consiste em um plano estruturado que serve para ajudá-lo a definir a melhor maneira de realizar seus aportes.

Por isso, a estratégia serve como um guia que pode auxiliar na identificação do momento ideal para comprar ou vender um ativo, por exemplo. O objetivo é estabelecer critérios claros e padronizados para a tomada de decisão, os quais podem ser utilizados em diferentes momentos do mercado.

Diversificação da carteira de investimentos

Outro ponto importante é saber diversificar o seu portfólio de investimentos. Essa estratégia permite expor o dinheiro a condições variadas, o que permite reduzir o risco geral da carteira e pode elevar o potencial de ganhos.

Ao diversificar, você também pode aproveitar melhor as oportunidades disponíveis no mercado. Afinal, a estratégia ajuda a expor seu capital a condições distintas, como rentabilidades e riscos.

Um investidor conservador, por exemplo, pode alocar a maior parte dos recursos em renda fixa. Contudo, ele pode decidir aportar uma pequena parcela do dinheiro em renda variável para ampliar o potencial de retorno da carteira.

Como começar a investir no mercado financeiro?

Após saber mais sobre o mercado financeiro, você deve ter percebido que investir nesse ambiente exige conhecimento. Isso ocorre porque o processo envolve diversas definições, como seu perfil e objetivos. Também é necessário conhecer as diversas alternativas e as características dos investimentos. 

Além disso, é fundamental seguir uma estratégia de investimentos. Contudo, é possível facilitar a sua experiência no mercado financeiro com o auxílio de um planejador financeiro. O profissional entende as suas necessidades e define estratégias personalizadas para você realizar os seus sonhos.

Dessa forma, há como cuidar melhor do seu patrimônio e ter uma jornada de investimentos mais proveitosa. Assim, você poderá concretizar seus sonhos com mais facilidade.

Agora você sabe que investir no mercado financeiro exige preparo. Por isso, não deixe de ampliar seu conhecimento sobre o assunto e de contar com auxílio de um profissional para fazer investimentos mais alinhados às suas características.

Quer ter o apoio de um planejador financeiro? Entre em contato conosco do Meu Patrimônio e escolha o parceiro certo para alcançar os seus objetivos!

COMPARTILHE:
Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email

Cadastro foi registrado com sucesso!

Nossa equipe logo entrará em contato. 

Enquanto isso acessa nossa rede social, lá você pode conhecer um pouco mais sobre nossa empresa!